Em defesa da educação pública que está sob ataque do governo Bolsonaro e contra a Reforma da Previdência, no próximo dia 15 de maio técnico-administrativos (as), professoras (es) e estudantes preparam uma paralisação nacional. O dia é uma preparação para a Greve Geral dos trabalhadores(as), marcada pelas centrais sindicais para 14 de junho.

O Sintest/RN convoca sua base para se juntar a outros sindicatos, entidades de base, ongs e movimentos sociais na luta contra os ataques a classe trabalhadora e a educação pública. O objetivo é denunciar os inúmeros retrocessos, de um governo que em menos de 6 meses tem colocado em risco direitos conquistados em campos como meio ambiente direitos humanos, segurança, saúde e nos últimos dias na educação.

É preciso barrar o sucateamento da educação e derrotar a proposta de Reforma da Previdência. Vamos as ruas juntos, dia 15 de maio, chamar a atenção do povo brasileiro para os riscos desse desmonte da educação e do sistema previdenciário. Em Natal a concentração acontece, a partir das 15h, na calçada do Midway.

Comente pelo Facebook